Padre Júlio Lancelotti

“A população de rua é um sintoma da necrofilia que vai matando nosso povo”. Entrevista com o Padre Júlio Lancelotti

O padre Júlio Lancelotti não entenderia sua vida sem a convivência com a população de rua, até o ponto de afirmar que “faltaria na minha identidade uma parte importante”. Mesmo estando dentro do grupo de risco, ele tem 71 anos, a pandemia não o impediu de se fazer presente no meio de uma população que tem aumentado exponencialmente nos últimos meses no Brasil. Antes da pandemia já tinha se incrementado em um 50 por cento.

Continue lendo

Ato em praça pública de Foz defende aposentadoria como direito social

A oposição à reforma da Previdência foi a principal pauta da manifestação que marcou o Dia do Trabalhador nessa quarta-feira, 1º, na Praça da Bíblia, em Foz do Iguaçu. O ato público contou com panfletagem, adesivação de carros nos semáforos e programação cultural.

Continue lendo