Conferências discutem direitos humanos e políticas públicas para LGBTs

Spread the love

94-direitos-humanos...
Pela primeira vez em seus 101 anos, Foz do Iguaçu será sede de duas conferências municipais ligadas aos direitos humanos. Organizados em conjunto por várias entidades, os eventos abordarão os seguintes temas: “Por um Brasil que criminalize a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais” e “Sistema Nacional de Direitos Humanos”.

A I Conferência Municipal de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais será realizada no dia 29 de junho, das 8h às 18h, no Centro da Juventude Jardim Naipi. O evento abordará três eixos temáticos: “Educação e Cultura”, “Saúde, Gênero e Sexualidade” e “Segurança Pública e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais”.

Segundo a presidente da comissão organizadora, Stephany Dayana Pereira Mencato, a receptividade está sendo muito boa, e a expectativa é reunir aproximadamente cem participantes. “A proposta é fazer uma avaliação de como está o convívio LGBT na cidade. Embora seja a primeira em Foz, é a terceira conferência nacional, que segue as diretrizes internacionais de políticas públicas para a população LGBT.”

Além de palestra e atividades dos grupos de trabalho, serão definidos os delegados que representarão o município na Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, marcada para Curitiba em data a ser definida. As inscrições para o evento local são gratuitas e podem ser feitas on-line até dia 26: http://goo.gl/forms/5t0GeP3Trc.

União em busca de fortalecimento
Já a I Conferência Municipal de Direitos Humanos será realizada no dia 30 de junho, das 8h às 18h, também no Centro da Juventude Jardim Naipi. A palestra sobre o Sistema Nacional de Direitos Humanos ficará por conta do jornalista Aluízio Palmar, consultor da Comissão Nacional da Verdade do Paraná, e da presidente do comitê organizador do evento, Maria Rosa Barudi de Matos.

Os eixos em debate nos grupos de trabalho serão: “Interação Democrática entre Estado e Sociedade Civil”, “Desenvolvimento e Direitos Humanos”, “Universalizar Direitos em um Contexto de Desigualdades”, “Segurança Pública, Acesso à Justiça e Combate à Violência”, “Educação e Cultura em Direitos Humanos” e “Direito à Memória e à Verdade”.

De acordo com Maria Rosa, devem participar cerca de 150 pessoas de diversas entidades. “Nossa ideia é abrir espaço para a sociedade civil tratar de temas relevantes, principalmente para as minorias. Pretendemos formar uma rede comunitária para fortalecer o trabalho que cada grupo minoritário realiza isoladamente.”

O evento também definirá os delegados da cidade que participarão da Conferência Estadual de Direitos Humanos, bem como os membros da Comissão Provisória de Organização do Conselho Municipal de Direitos Humanos de Foz do Iguaçu. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas on-line até dia 26: http://goo.gl/forms/AfhYL9Dnu8.

SERVIÇO
I Conferência Municipal de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBTs

Tema: “Por um Brasil que criminalize a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”
Dia: 29 de junho
Horário: das 8h às 18h
Local: Centro da Juventude Jardim Naipi (Rua Vicente Celestino, nº 410, Jardim Naipi, Foz do Iguaçu)
Inscrições: http://goo.gl/forms/5t0GeP3Trc
Informações: conferencialgbtfoz2015@gmail.com

I Conferência Municipal de Direitos Humanos
Tema: “Sistema Nacional de Direitos Humanos”
Dia: 30 de junho
Horário: das 8h às 18h
Local: Centro da Juventude Jardim Naipi (Rua Vicente Celestino, nº 410, Jardim Naipi, Foz do Iguaçu)
Inscrições: http://goo.gl/forms/AfhYL9Dnu8
Informações: conferenciadhfoz2015@gmail.com

______________________
H2FOZ – Douglas Furiatti